Comentários

Uma noite em sonho, narra Dom Bosco, vi nas ondas do mar um grande navio que percebi logo ser a Santa Igreja. Era atacado por todos os lados por navios inimigos que tentavam destruí-lo e afundá-lo. Das águas do mar, vi emergir duas altas colunas brancas de mármore: no topo de uma destas estava Jesus, Hóstia Eucarística; na outra, havia a figura da Virgem Maria Imaculada. O navio foi feito atracar às duas colunas com cordas, tanto à direita como à esquerda. Assim que foi amarrado às colunas, os navios inimigos são atingidos e todos afundam.

O navio da Igreja está salvo!!!

Nesses nossos tempos borrascosos, a Santa Igreja é atacada e atingida por inimigos externos e internos com a intenção de destruí-la. Senti-me compelido a fazer a Igreja de Cristo atracar a estas duas Colunas, a propor-lhes para rezarem junto as duas súplicas seguintes, para nossa proteção e defesa e a de todos os Cristãos:

“Jesus Eucaristia, Pão Vivo e Fármaco de Imortalidade: Vós sois a nossa Salvação”.

Unida e acompanhada, todos os dias à Santa Missa e à Comunhão Eucarística

“Imaculada Virgem Maria, fazei que amemos Vosso Filho Jesus, nossa Salvação”.

Unida e acompanhada pela recitação diária do Santo Rosário.

Por isso, convido todos os crentes, homens e mulheres, jovens e velhos, a recitarem com frequência com o coração, a mente, os lábios, com verdadeira fé, estas duas breves orações, dirigidas a Jesus Eucaristia, a Maria Imaculada, para que possamos obter “a alegria de sermos salvos”.

Esta Mensagem, dada às Três Fontes, por Nossa Senhora da Revelação, parece-me que inclua as duas invocações a Jesus Eucaristia e à Imaculada Conceição.

“O Verbo Deus, meu Filho, em vista da sua Vinda por meio de mim, já me criou na salvação, para que eu desse o Deus feito homem, que é a Salvação”.

No Senhor Jesus,

Um pobre monge, da Santa Igreja Católica Ortodoxa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *